A&C 2014 – Equipes oficiais

A Comissão Técnica divulgou a equipe oficial que representará o Brasil no Américas & Caribe 2014 Open e FCI. A definição da equipe seguiu os quatro primeiros colocados do Ranking do Campeonato Brasileiro no Grau 3 até a 6ª etapa, considerando as desistências que ocorreram, ficou assim:

Mini

  • Paulo e Blanka
  • Samir e Lali
  • Renan e Nitro
  • Geraldo e Truco

Midi

  • Samy e Théo
  • Kátia e Carol
  • Aurélio e Cacau
  • Vivyane e Jem

Standard

  • José Luiz e Bona
  • Marcela e Simba
  • Fábio e Fox
  • Paulo e Vicky

As duplas que formarão as equipes Open serão informadas após o término das inscrições.

Via Comissão Técnica – CBA

Geraldo e Truco: estreia de Pernambuco no A&C

Nesse Américas & Caribe teremos a primeira participação de uma dupla pernambucana no Américas & Caribe: Geraldo e Truco, dupla Grau 3 Mini.

Como se não bastasse a estreia, a dupla também conquistou a vaga para a equipe principal Mini, após a participação na 3ª e 4ª Etapa do Campeonato Brasileiro.

Geraldo e Truco estão passando uma temporada em São Paulo para se preparar para a competição.

Desejamos boa sorte e boa estreia à dupla, assim como cada vez mais uma maior participação das duplas de Pernambuco em competições internacionais.

Geraldo Neto e Artur Pires (foto: arquivo pessoal)

Geraldo Neto e Artur Pires (foto: arquivo pessoal)

A&C 2014 – Diário de Bordo 1: 3 semanas para o Campeonato

E em mais um ano nos preparamos para outro Américas & Caribe! Conforme a tradição, novamente tentaremos escrever um pouco sobre o que está acontecendo no evento de Agility mais importante da América Latina.

Após algumas incertezas em relação à realização da competição, sendo inclusive cogitado não termos A&C esse ano, nossos amigos peruanos resolveram os problemas iniciais e recebemos informações completas sobre o certame. Cabe aqui destacar a participação do Artur Pires, que foi nomeado diretor da competição e que reforça a opinião de que na América Latina o Brasil é considerado referência não apenas dentro da pista, como também fora dela.

O segundo “entrave” para a participação dos competidores foram as passagens aéreas. O limite reduzido de companhias aéreas que permitem cães em seus vôos, ou o limite de cães por aeronave nas companhias que permitiam, fez com que alguns dos interessados tivessem abdicado de sua participação.

Mesmo assim, antes do término das inscrições (que se encerram nesse final de semana), a delegação brasileira já conta com 25 duplas, um excelente número. Esperamos que esse número aumente ainda mais!

Como sempre, a torcida de todos será muito bem vinda!

Renan Campos – CBA – Comissão Brasileira de Agility

O Jump Agility e a CBA fecharam uma parceria na cobertura do A&C2014, as noticias serão publicadas em ambos os sites.
www.agilitybr.com.br